jusbrasil.com.br
25 de Junho de 2021
    Adicione tópicos

    Campanha do Laço Branco de combate ao machismo chega a Horizonte

    A Assembleia Legislativa, por meio da Procuradoria Especial da Mulher, realizou a primeira atividade da Campanha Laço Branco – homens pelo fim da violência contra a mulher – nesta terça-feira (11/02), em Horizonte. Durante a manhã, integrantes da campanha e da Caravana de Combate à Violência contra a Mulher conversaram com os alunos do Instituto Federal do Ceará (IFCE) sobre o machismo.

    A exemplo da Caravana de Combate à Violência contra a Mulher, realizada pela Procuradoria Especial da Mulher nos últimos dois anos, alcançando um público de mais de oito mil pessoas, o Laço Branco agora tem como foco incluir os homens na desconstrução do machismo.

    “Esse projeto é para chamar a atenção dos homens e da população para esse problema que é social. É importante que o debate apresentado hoje permaneça de uma maneira positiva dentro do IFCE, pois essa violência resultado do comportamento machista precisa acabar”, esclareceu a deputada Augusta Brito (PCdoB), procuradora da Mulher.

    O deputado Nezinho Farias (PDT) também esteve no evento e agradeceu a presença da Assembleia no município. “Quero dizer da minha alegria em receber a deputada Augusta Brito e toda a comitiva da Assembleia para tratar desse importante tema. Nós, homens, precisamos nos unir às mulheres nessa luta”, pontuou.

    O diretor do instituto, Moisés Mota, colocou-se à disposição da Procuradoria e dos alunos para auxiliar no combate ao machismo dentro do IFCE. “Todos nós temos erros, o que a gente não pode é permitir permanecer no erro. É preciso ficar atento, nosso campus está à disposição para dirimir qualquer situação que por acaso venha a ocorrer aqui”, ressaltou.

    Além da deputada Augusta Brito, do deputado Nezinho Farias e de alunos do IFCE, o debate contou com as presenças de Katia Maia, vice-prefeita; Taciana Andrade,vereadora; Jô Farias, mobilizadora social; Kézia Gomes e Vinicius França, representante da União Nacional dos Estudantes (UNE).

    Da Redação/com Assessoria

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)